positivonegativo

"nós somos o sítio que nos faz falta."

"O que há em mim é sobretudo cansaço -
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço."


Álvaro de Campos

Sexta-feira, 22 de Julho de 2011

rip lucian freud.

ontem à noite perdeu-se mais um grande nome: lucian freud. senti-me mesmo desgostosa quando soube, porque adorava o seu trabalho. soberbo.

devia ser para isto que todos cá estamos: deixar algo para trás. freud deixou-nos as suas pinturas, que ao contrário do seu corpo, serão imortais. também eu cá deixarei alguma coisa, por mais que me custe a fazê-lo. é a minha palavra, agora não há volta a dar.

 

 

naked girl asleep II (1968)

 

naked man on a bed (1987)

 

depois aceito os vossos comentários ao post anterior e respondo a tudo.

narmy. às 18:57
| comentar | favoritos
15 :
De Free Soul a 22 de Julho de 2011 às 20:08
Foi uma grande perda :(
beijos.


De summer wright a 22 de Julho de 2011 às 20:24
é isso mesmo.


De vans a 22 de Julho de 2011 às 20:31
lindiniii *-*


De sheisnothere a 22 de Julho de 2011 às 20:35
O meu sonho é ser actriz de séries. Acho que são as personagens que nos acompanham por mais tempo.


De mariiiiiiie ♠ a 22 de Julho de 2011 às 21:06
sim , eu recebi o comentário logo , e obrigada . eu sei que devia tentar fazer isso , mas muitas vezes há coisas que impedem , o passado é sempre um obstaculo futuro .


De hopeless romantic a 23 de Julho de 2011 às 10:13
eu tenho motivos e eles são muito fortes.
mas o tabaco é para mim algo muito pessoal.


De dolcescrittora a 23 de Julho de 2011 às 16:12
não tens de pedir desculpa, obrigado na mesma :) E é verdade, um vida desumana, gasta a maior parte do tempo a tentar sobreviver, sem viver primeiro. Enfim.
Não conhecia, mas aprecio as obras que colocaste aqui no blog. Ele pinta de uma forma magnifica.


De the girl by the lake a 23 de Julho de 2011 às 16:28
Não sei o responder a tamanho elogio... Tento não escrever por comentários, pois se o fizesse escreveria algo totalmente diferente. Acontece que, quando termino um texto, percebo que não vai cativar muitos leitores. Mesmo assim publico-o, pois exactamente como posso retirar deste post, a única imortalidade de que podemos estar certos é a que alcançamos através da nossa arte.

Um beijinho e um muito obrigada.


De rosa a 23 de Julho de 2011 às 18:52
Obrigada : D


De marlene cerm a 23 de Julho de 2011 às 21:04
Enorme perda.


comentar