positivonegativo

"nós somos o sítio que nos faz falta."

"O que há em mim é sobretudo cansaço -
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço."


Álvaro de Campos

Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012

da visão.

não gosto que as pessoas me perguntem o porquê de gostar de determinada citação, ou de certa fotografia, ou de preciso desenho, e qual é o significado que vejo impregnado por detrás da sua essência. não vejo nada, porra! eu não vejo nada por detrás de coisa nenhuma nem há nenhum significado intelectualizado de uma tentativa de parecer filosófica! o que há por detrás do que gosto não é nostalgia solitária nem enigma subtil, o que há por detrás do que gosto não é nada mais, nada menos, do que o bafo da realidade a rebentar-me com a cara, como pequenas explosões que se manifestam sei lá onde, sei lá porquê, como que atordoando os meus sentidos, abanando a minha realidade, mexendo com a minha fantasia. não me peçam interpretações de poemas e pinturas, não me peçam interpretações de nada, porque eu não vejo nada, nada do que vocês querem ouvir, nada de sentido filosófico, nada de complexidades, tudo me é simples à vista, tudo me é visão, agora deixem-me sossegada.

 

narmy. às 20:45
| comentar | favoritos
11 :
De lou a 27 de Janeiro de 2012 às 21:10
favoritos porque isto necessita de ser relido, e relido e relido. adorei.


De Mariella a 27 de Janeiro de 2012 às 21:18
gostei tanto. tens toda a razão. favoritos :)


De Persephone Dashwood a 27 de Janeiro de 2012 às 21:29
Realmente, há coisas que nós gostamos apenas porque sim. Porque nos agrada, porque nos alegra a vista. Várias vezes, não há nenhum grande significado filosófico por trás disso. Nem é preciso. Há coisas que é melhor serem mantidas simples.


De remainameless a 27 de Janeiro de 2012 às 22:52
ora, obrigada.
perfeitamente compreensível.


De ana gonçalves a 28 de Janeiro de 2012 às 10:59
É curioso. Normalmente, as pessoas identificam-se com isto ou com aquilo por alguma razão.
Dure o tempo que durar, acabará por passar..


De C. a 28 de Janeiro de 2012 às 15:13
Mas há sempre uma razão para gostarmos das coisas, por muito simples que seja a razão.
Beijinho.


De summer wright a 28 de Janeiro de 2012 às 21:05
gostei muito.


De Sofia Sequeira a 28 de Janeiro de 2012 às 21:05
Estou completamente de acordo contigo neste texto! Uma coisa que eu odeio, é que me façam interpretar textos, livros ou o que o valha! As interpretações variam de pessoa para pessoa. Um beijo.


De meninapequenina. a 29 de Janeiro de 2012 às 14:33
temos tendência a desejar pequenas explicações para tudo - e isso é péssimo.

Obrigada pelo comentário. Tens razão. O problema é mesmo o facto dos meus pais estarem bastante reticentes quanto a ir estudar teatro.
Sim,não é fácil decidirmos o nosso futuro.Nunca é fácil sabermos ao certo o que queremos,ou o que gostamos realmente.Sofro do mesmo mal.


De killua a 30 de Janeiro de 2012 às 09:38
não consigo parar de adorar este texto.


comentar