positivonegativo

"nós somos o sítio que nos faz falta."

"O que há em mim é sobretudo cansaço -
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço."


Álvaro de Campos

Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012

pelo tempo de sobrevivência.

 

 

o meu avô faz hoje oitenta e quatro anos, e eu pergunto-me como pode um homem viver tanto tempo, sofrer tantos desgostos e, enfim, não ter morrido da desilusão e do cansaço que é estar aqui no parece a eternidade. não consigo compreender o que faz um homem de oitenta e quatro anos suportar o peso da vida por tanto tempo, e ainda ter uma réstia de esperança escondida como um tesouro.

(amo-te, avô.)

narmy. às 15:38
| comentar | favoritos
8 :
De fugiu a 8 de Fevereiro de 2012 às 16:02
Parabéns ao teu avô :)


De Persephone Dashwood a 8 de Fevereiro de 2012 às 21:07
Parabéns ao teu avô! É realmente extraordinário, que viva muitos mais anos! :)
Beijinhos**


De mel a 8 de Fevereiro de 2012 às 22:06
parabéns ao teu avô.
se calhar ele não se importa de "suportar o peso da vida".


De C. a 8 de Fevereiro de 2012 às 22:33
grande homem o teu avô, deve transmitir-te a ti a esperança que precisas, seja de que maneira for.
beijinho.


De lou a 9 de Fevereiro de 2012 às 17:54
penso da mesma maneira, quanto à minha avó


De Fii a 9 de Fevereiro de 2012 às 18:51
Muitos parabéns para o teu avô.
A estrofe do poema de Álvaro de Campos que tens na barra lateral saiu no meu teste. :)


De Mariella a 10 de Fevereiro de 2012 às 15:25
existem pessoas com uma força digna de inveja.


De dolcescrittora a 11 de Fevereiro de 2012 às 11:52
talvez tenha vivido tanto tempo para nos ensinar a todos que, independentemente do peso da vida, do sofrimento e das desilusões, a vida continua a ser um bem precioso, que não acarreta só carga negativa mas também memórias que nos fazem sorrir e deliciar com o sabor doce dela.


comentar